Viagens caras

Oi

Eu tive uma experiência e quero contar pra vocês.
Recentemente eu viajei para Nova York e lá eu tive muitas experiencias caras, mas que poderiam ser baratas.


Como, por exemplo, andar de metrô. Ao invés de alugar carro em que você paga caro pra caramba, 40 ou 60 dólares a diária, ande de metro que vale bem mais a pena.
Com o metro eu gastava 10 dolares em média por dia, e andava pra caramba. Porque a cidade inteira tem metro.
Pena que eu só descobri isso quando eu estava terminando a viagem, por isso gastei bastante e poderia ter economizado.
Outra coisa que dá pra fazer também é comer um prato só com mais uma pessoa.
Os pratos são bem servidos, dá tranquilamente pra dividir com alguém. A não ser que você coma muito, muito. Eu comia metade da comida toda e ficava passando mal com a barriga cheia.
Por falar em barriga, não dá pra ficar comendo tudo lá nao, porque a comida engorda muito. Tudo tem muito sal e açucar.
É bem melhor se formos no mercado e comprarmos frutas, iogurtes, água, queijo, pão, leite, manteiga, sucrilhos, e comemos tudo no hotel. Eu fazia isso, porque ai você come menos açucar e sal e ainda gasta muuuuuuuuito menos.
E com isso também eu só precisava jantar comida. Quer dizer, eu ficava o dia todo andando, levava coisas que tinha comprado na bolsa, e a noite eu ia num restaurante. Entendeu, dá pra gastar bem menos.
E outra coisa que todo mundo tem que fazer pra economizar horrores é comprar roupa lá. Porque as roupas têm bem mais qualidade e são mais baratas, é impressionante.
O que pagamos de imposto aqui não tem pra ninguém. Lá eu pagava 8% de imposto só, aqui dependendo da roupa paga-se 40, 50% de imposto, é um absurdo.

Pena que agora eu só vou poder viajar de novo ano que vem estou na época do TCC e estou totalmente sem tempo rs. Ainda bem que descobri um curso maneiro que vai acelerar o meu processo desse tcc, comecei o trabalho semana passada e irei terminar mês que vem, vou fazer bem tranquila graças ao curso.

Esta entrada foi publicada em Nova York. ligação permanente.